Este é um espaço de divulgação e partilha de ideias sobre o nosso concelho e sobre o projecto político do PS para Castro Verde.
Terça-feira, 12 de Outubro de 2010
Um ano de mandato desolador!

Decorrido um ano sobre as eleições autárquicas de 2009, impõe-se fazer um balanço sobre o que foi prometido em Castro Verde e o que, realmente, tem sido executado.

Apesar de faltar três anos para o término do mandato, a execução do Plano de Actividades e do Programa Eleitoral da CDU em Castro Verde é pouco mais que desolador.

De concreto podemos afirmar que, apenas, se mantém uma forte actividade no plano sócio-cultural, quer seja em matéria de recursos financeiros absorvidos quer seja em matéria de recursos humanos.

De concreto podemos ainda sublinhar a concretização de um negócio imobiliário, com cerca de uma década, primeiramente previsto para custar cerca de 150 mil euros, tendo sido concluído pelo triplo daquele valor.

Tudo o mais são projectos e estudos que surgem como resposta às questões que, amiúde, têm vindo a ser colocadas pelos eleitos do PS.

Perante este cenário, francamente desolador, acresce ainda perguntar porque é que o município tanto reclamou contra os cortes impostos pelo Governo central, quando, em abono da verdade, acabou por receber um valor acima do que havia orçamentado? Perante uma política e uma gestão de puro marketing, Castro Verde vai adiando, sine die, o desenvolvimento que uma maioria CDU promete mas que se mostra incapaz de cumprir.

 

Castro Verde, 12 de Outubro de 2010



publicado por revor às 08:15
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 6 de Outubro de 2010
Propostas PS para impostos municipais 2011

Na sequência do estipulado legalmente para o estabelecimento dos indicadores percentuais das receitas das autarquias na cobrança de impostos, como são os casos do IRS, IMI e Derrama, e atendendo à realidade económica do município, do tecido económico e da envolvente macroeconómica intimamente ligada à principal actividade económica do concelho, entendo por conveniente, e de inteira justiça, o estabelecimento dos seguintes indicadores:

a)      Na percentagem que cabe ao município na cobrança do IRS, redução dos actuais 5% para 3%.

b)      Manutenção, para 2011, dos indicadores actualmente em vigor no que respeita ao IMI.

c)      Manutenção da taxa de derrama no limite máximo de 1,5% sobre o lucro tributável sujeito e não isento de imposto sobre o rendimento das pessoas colectivas (IRC), superior a 150 mil euros; e introdução de uma taxa reduzida, de 1%, para os sujeitos passivos com um volume de negócios no ano anterior que não ultrapasse os 150 mil euros.

A proposta ora apresentada leva em linha de conta o histórico de cobrança dos referidos impostos e a expectável evolução dos mesmos num futuro imediato.

A introdução de uma diferenciação na taxa de Derrama leva em linha de conta a diferente realidade económica entre pequenas, médias e grandes empresas, e pretende servir como mais um incentivo ao estabelecimento e/ou crescimento das empresas em Castro Verde.

 

Esta proposta foi aprovada pela maioria CDU, com excepção da alínea a.



publicado por revor às 08:20
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 31 de Março de 2010
Eleições na Concelhia de Castro Verde

Decorreu em Castro Verde, no passado dia 27 de Março, as eleições para a direcção da Secção Concelhia de Castro Verde do Partido Socialista. A nova direcção eleita mantém como Presidente Leandro Gonçalves, tendo procurado reforçar a participação nas listas de novos militantes, mantendo ainda muitos dos Camaradas que estiveram em funções nos últimos dois anos.

Findo um ciclo e iniciando-se outro, a firme disposição da direcção recém eleita passa por aprofundar a política de seriedade e responsabilidade política com que nos temos vindo a afirmar. Do mesmo modo, o caminho iniciado no sentido de abertura do Partido a uma maior participação da sociedade castrense na definição de novos posicionamentos políticos, é para manter, incrementando neste mandato o número de iniciativas que visam dar corpo a esta vontade.

Findo um ciclo onde foi possível obter o melhor resultado de sempre do PS Castro Verde em eleições autárquicas, existe a plena noção de que muito há ainda por fazer, nomeadamente dar sequência ao aumento da influência política conseguida nos últimos quatro anos. Neste período, e fruto do trabalho de muitos socialistas, militantes e não militantes, foi possível recuperar o Vereador perdido em 2005; conquistar, pela primeira vez, seis mandatos na Assembleia Municipal; aumenar o número de eleitos nas Assembleias de Freguesia de Casével, S. Marcos e Castro Verde; mantendo ainda a influência anteriormente existente nas Assembleias de Freguesia de Entradas e Sta. Bárbara.

Por tudo isto sentimos reforçada a nossa ambição e determinação em transformar politicamente o concelho de Castro Verde. O nosso empenho será na firme convicção de que é necessário lutar por um concelho mais solidário, economicamente mais desenvolvido, socialmente mais justo e culturalmente mais participado.

Por Castro Verde, o nosso empenho!



publicado por revor às 00:28
link do post | favorito
|

Terça-feira, 17 de Novembro de 2009
PS defende maior participação dos Munícipes

O PS de Castro Verde, e os seus Vereadores, fiéis na defesa das propostas divulgadas durante a campanha para as últimas eleições autárquicas, apresentaram em reunião de Câmara duas propostas de alteração ao Regimento de Funcionamento daquele órgão.

 
A primeira proposta tinha por objectivo não limitar a apenas 5 minutos a intervenção individual dos munícipes durante o período reservado à sua intervenção. A maioria CDU, obviamente, votou contra. Mais tarde, e após debate sobre a questão, concedeu e concordou em aumentar tal participação até um limite de 15 minutos.
 
 A segunda proposta dos Vereadores do PS prendeu-se com a descentralização das reuniões de Câmara. Pretendia o PS dar correspondência àquilo que todos defenderam durante a campanha eleitoral, mas que, afinal, apenas o PS está disposto a cumprir: aproximar os órgãos e os decisores aos eleitores. Uma vez mais a maioria CDU, que se diz plural e aberta à participação de todos, recusou a proposta da vereação socialista.
 
 Efectivamente, não é fácil sair-se da democracia formal, aplicando no terreno uma outra democracia, consubstanciada na participação das pessoas, chamando-as à vida pública, dando-lhes espaço de intervenção. Neste caso, apenas e só porque a CDU não quer.


publicado por revor às 23:22
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 5 de Novembro de 2009
Contra a baixa política da CDU

A Comissão Política Concelhia de Castro Verde do PS, após analisar o teor do comunicado da CDU local vem, publicamente, repudiar aquilo que considera de baixa política, mentira e oportunismo político.

 

Com efeito, a pretexto de agradecer a presença da população no acto de tomada de posse dos eleitos para a Câmara e Assembleia Municipal de Castro Verde, procura afinal atingir a idoneidade e o carácter dos eleitos PS, com especial destaque para o cabeça de lista José Francisco Colaço Guerreiro. Assim, usa o nome da população para atacar pessoas.
Em abono da verdade deve ser afirmado que o cabeça de lista do PS informou a Presidente da Assembleia Municipal e o Presidente da autarquia quanto à sua indisponibilidade para estar até ao final da cerimónia de tomada de posse, alegando razões que só a si dizem respeito.
Ambos os presidentes, atendendo à postura de respeito manifestada por José Francisco Colaço Guerreiro, trataram inclusive de alterar a ordem da cerimónia.
Daqui se depreende que a verdadeira intenção da CDU é explorar o desconhecimento de quem não assistiu à cerimónia, atacar o carácter do eleito pelo PS e criar um clima de intimidação.
Mas esta postura de democracia à la carte da CDU não se fica por aqui. Afirmando no seu comunicado uma tentativa do PS em não respeitar todos quantos foram convidados, esqueceu-se, na sua superior arrogância sobre o que é democracia, de convidar os partidos de oposição (não queremos acreditar que só não convidou o PS) para as diversas tomadas de posse dos órgãos autárquicos. Afinal, TODOS, somos parte do sistema democrático.
Mas a CDU de Castro Verde, antes mesmo de emitir um comunicado de tão mau gosto, deveria ter reflectido sobre as atitudes que os seus eleitos, por exemplo, em Beja, revelaram ao não comparecerem nas tomadas de posse e insultando em notas à imprensa a douta decisão de quem votou, em claro desrespeito pela vontade popular.


publicado por revor às 13:23
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009
O melhor resultado de sempre!

As eleições autárquicas que tiveram lugar no passado dia 11 de Outubro não trouxeram ao PS/Castro Verde a concretização de um objectivo autoproposto. A vitória para a Câmara Municipal de Castro Verde.

O PS orgulha-se do trabalho desenvolvido, na esteira daquilo que é a sua tradição política. Os combates políticos travam-se com um sentido de vitória, e não apenas para cumprir um qualquer calendário eleitoral ou como forma de impedir que outras forças cheguem ao poder.

No PS orgulhamo-nos de ter um objectivo específico. Implementar um projecto político coerente, progressista, abrangente e de serviço às populações.

Nesse sentido não podemos estar esfusiantes com o resultado final do acto eleitoral. A população de Castro Verde é soberana nas suas decisões e, da mesma forma que aceitámos as sucessivas vitórias em outros actos eleitorais, manda a coerência que o façamos também em relação às eleições autárquicas, que não vencemos.

Um muito obrigado aos militantes que trabalharam afincada e desinteressadamente. Não são todos os partidos que se podem orgulhar de ter nos seus quadros candidatos que, em nada, dependiam em termos de futuro destas eleições. Um agradecimento, também, a todos os que apoiaram o Projecto Por Castro, respondendo a esse apelo à sociedade castrense para que se interessasse pela vida do seu concelho, participando num projecto que acolheu cidadãos apartidários e pessoas de sensibilidades diferentes da nossa. Essa será uma marca importante deste Projecto, e a certeza de que afirmámos um marco importante na vida política do nosso concelho.

E a todos a quem me refiro neste texto dou os parabéns! Porquê? Porque conseguimos o melhor resultado de sempre, em eleições autárquicas, para o PS em Castro Verde.

Os dados são indesmentíveis,  são públicos, estão publicados e, se há circunstância da vida que não podemos adulterar, a história é uma delas.

A candidatura Por Castro conseguiu obter 1622 votos na eleição para a Câmara Municipal de Castro Verde. O máximo que o PS alguma vez obteve neste tipo de eleições foi 1319 votos, no já longínquo ano de 1993. De então para cá o PS tem vindo a perder expressão eleitoral nas autárquicas. Em 1997 teve 1304 votos, em 2001 teve 1100 e, em 2005, alcançou 1014 votos.

Em função dos dados que, sublinho, são oficiais, a candidatura Por Castro afirmou um importante espaço eleitoral em Castro Verde, tendo subido 608 votos em relação a 2005 e 303 votos em relação ao seu máximo de 1997.

Ao nível da representatividade nos diversos órgãos concelhios, o PS recuperou o que havia perdido e, nalguns casos, ultrapassou mesmo as melhores prestações eleitorais.

Com isto quero afirmar a certeza de que o projecto iniciado tem um capital de aceitação como nunca um projecto do PS em Castro Verde teve. É esse capital de aceitação que queremos potenciar e colocar ao serviço do concelho de Castro Verde. É este nosso inconformismo que iremos levar para os órgão para os quais elegemos representantes. Porque não queremos defraudar quem acreditou em nós e nos confiou o seu voto. A todos eles o meu muito obrigado em nome da candidatura. Honraremos a confiança que depositaram em nós. E trabalharemos como sempre o fizemos. Com seriedade, elevação, responsabilidade e coerência.

 

O Presidente da Comissão Política Concelhia

 

 



publicado por revor às 18:03
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 8 de Outubro de 2009
O custo das campanhas

 

O custo das campanhas eleitorais é algo que sai em grande medida dos cofres públicos. Devem, pois, os partidos políticos e movimentos independentes cuidar de começar logo nas campanhas a projectar cuidadosa e responsavelmente a aplicação desses dinheiros. Afinal, o primeiro exemplo da boa gestão deve ser dado ainda em campanha, nomeadamente dando a conhecer a quem paga essas campanhas os valores orçamentados para as ditas.
Fiel a este princípio, deixamos aqui o mapa orçamental das diversas campanhas eleitorais autárquicas a decorrer no concelho de Castro Verde:
CDU – 55.000€
PSD/CDS-PP – 47.925€
Partido Socialista – 32.683€
BE – 1.500€
À consideração dos munícipes e contribuintes de Castro Verde.


publicado por revor às 15:59
link do post | favorito
|

Domingo, 27 de Setembro de 2009
VITÓRIA

VITÓRIA...

 

NO PAÍS...

 

NO DISTRITO...

 

NO CONCELHO DE CASTRO VERDE!

 

O Povo reconhece o trabalho do PS!

 

OBRIGADO!

 

 



publicado por revor às 21:49
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 27 de Julho de 2009
Site Por Castro já está a funcionar

 

 

 

A candidatura Por Castro, e o PS, inauguraram esta segunda-feira, 27, o site oficial da candidatura, acessível em www.porcastro.com.

Trata-se de mais uma forma de comunicar com todos os castrenses, tornando públicas e visíveis as propostas políticas para o concelho de Castro Verde, os candidatos e as iniciativas de campanha.

Depois do blog Por Castro e da rede de amigos, a candidatura tem agora mais um espaço de comunicação com a sociedade castrense, revelando todo o dinamismo e confiança num projecto construído com, e para, os castrenses.



publicado por revor às 13:51
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 13 de Julho de 2009
Mais e melhores cuidados de Saúde em Castro Verde

Ministra da Saúde inaugura Centro de Saúde de Almodôvar e SUB de Castro Verde

A Ministra da Saúde, Ana Jorge inaugurou, na passada 6ª feira o Centro de Saúde em Almodôvar e o Serviço de Urgências Básico de Castro Verde
A Requalificação da Rede de Urgências / Emergências prevista para o Alentejo surgiu da necessidade de transformar e adaptar o Serviços de Atendimento Permanente do Centro de Saúde Castro Verde, por forma a integrá-lo na Rede como Serviço de Urgência Básica, de acordo com os modelos definidos nas Recomendações Técnicas.
Para tal, a Administração Regional de Saúde do Alentejo necessitou de adquirir equipamento e a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo de proceder ao
recrutamento dos recursos humanos necessários a completar a cobertura prevista na referida legislação, nomeadamente o reforço do apoio médico o que permitiu que passassem a estar 2 médicos em permanência física 24h/24h, o reforço do apoio de enfermagem com a contratação de mais 6 enfermeiros o que permitiu que passassem a estar 2 enfermeiros em permanência física 24h/24 horas e ainda o reforço do número de técnicos de radiologia com a contratação de mais 3 profissionais o que permitiu que passasse a estar 1 técnico de radiologia em permanência física 24h/24h.
Prevê-se que o SUB de Castro Verde seja o serviço de referenciação de primeira linha para os casos de urgência/ emergência ocorridos nos concelhos de Castro Verde, Aljustrel, Almodôvar, Ourique e parte de Mértola, num total de 3.469 Km2 e uma população de 37.730 pessoas.

No que diz respeito ao Centro de Saúde de Almodôvar, este encontra-se localizada no edifício que foi inaugurado, o qual entrou em funcionamento em 2 de Junho de 2008.
O Centro de Saúde está implantado num terreno cedido pela Autarquia, e que vai ter uma Unidade de Prestação de Cuidados de Saúde com 5 Gabinetes médicos; Sala de Tratamentos; Gabinete de Enfermagem: e Sala de Apoio a Exames e uma Unidade de Cuidados da Comunidade e Saúde Pública com Gabinete Médico, Gabinete de Saúde Ambiental, Sala de Movimento e Reabilitação, Serviço Social e Apoios Gerais
O centro de saúde de Almodôvar possui um elevado número de Unidades/ Extensões Rurais (8), com elevada dispersão geográfica e baixa densidade populacional.
O investimento total efectuado na construção do novo centro de saúde de Almodôvar ascendeu a mais um milhão e seiscentos euros.

In- Rádio Pax



publicado por revor às 03:07
link do post | favorito
|

pesquisar
 
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Comunicados

Um ano de mandato desolad...

Propostas PS para imposto...

Eleições na Concelhia de ...

PS defende maior particip...

Contra a baixa política d...

O melhor resultado de sem...

O custo das campanhas

VITÓRIA

Site Por Castro já está a...

Mais e melhores cuidados ...

Arquivos

Outubro 2010

Março 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Julho 2007

Maio 2007

Março 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Correio do Munícipe
ps.concelhia.castroverde@gmail.com
Contactos da Concelhia
Rua Campo de Ourique 7780 Castro Verde ps.concelhia.castroverde@gmail.com
Visitas
blogs SAPO
subscrever feeds